Noticias

26/10/2021

Na manhã do dia 26, nosso Diretor Adelar Geller acompanhou o lançamento oficial da 2ª Etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre AFTOSA na Bahia, na Fazenda Água Doce do pecuarista Antônio Balbino.

O Diretor Geral da Adab, Oziel Oliveira, a Deputada Estadual Jusmari Oliveira, o Pecuarista Antônio Balbino (Anfitrião) e o Sr. Mário Mascarenhas Presidente da Associação de Criadores do Oeste (Acrioeste) e o empresário e pecuarista Doquinha Neto, estiveram no evento.

Foto divulgação

Adab inicia Campanha de Vacinação Contra a Aftosa em Barreiras

Oficialmente lançada na manhã de hoje (26), na Fazenda Água Doce, em Barreiras, a 2ª etapa da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa na Bahia tem como objetivo vacinar todos os animais jovens de zero a 24 meses. Este ano a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), está colocando toda a estrutura técnica e de pessoal para que os produtores vacinem, declarem e realizem a autodeclaração da geolocalização das propriedades. Cerca de 70% do total de vacinas necessárias para a imunização dos quase 4 milhões de animais jovens já estão disponíveis para os produtores.

Historicamente as campanhas de vacinação contra a febre aftosa do segundo semestre acontecem de 01 a 30 de Novembro, mas a Agência antecipou o início do processo em uma semana como estratégia para incrementar os índices de imunização do rebanho que, na etapa de maio, alcançou 93,36%. “Trabalhamos pela defesa agropecuária e pela proteção do patrimônio pecuário que pertence aos produtores, mas que desenvolve a economia de toda a sociedade”, destacou o diretor geral da Adab, Oziel Oliveira, durante a abertura do evento. “O corpo técnico qualificado da Adab tem permitido a continuidade das ações mesmo em momentos de dificuldade. Temos uma Agência forte, com estratégias de planejamento, criatividade e que adéqua suas atividades para realizar a defesa agropecuária do Estado”, enfatizou Oliveira, lembrando o que o rebanho baiano é livre da Aftosa há 24 anos.

Foto ASCOM/ADAB

A partir de agora, a Adab busca o status de Zona Livre da Aftosa Febre Aftosa sem Vacinação e, para isso, é preciso cumprir com outras exigências estabelecidas pelo Ministério da Agricultura (MAPA) e pela Organização Internacional de Epizootias (OIE), entre elas a geolocalização das propriedades. Para o diretor de Defesa Animal da Adab, Carlos Augusto Spínola, esta é uma campanha decisiva pra a retirada da vacinação em 2023. “Para realizar a proteção da agropecuária, precisamos ter o domínio territorial das atividades em toda a Bahia e assim aumentar nossa capacidade de vigilância pecuária”, avaliou o diretor, lembrando que a suspensão da obrigatoriedade da vacina contra a aftosa será um marco para a agropecuária baiana.

Presente ao evento, a deputada estadual Jusmari Oliveira lembrou que 47,5% dos pecuaristas baianos são pequenos produtores com até 10 animais. “Este é um dado extremamente característico do nosso Estado e requer ações diferenciadas já realizadas pela defesa agropecuária. A Adab é nossa guardiã porque ela protege desde a produção desses pequenos produtores no campo até os alimentos que estão nas gôndolas dos supermercados”, frisou a deputada que é Presidente da Comissão da Agricultura na Assembleia Legislativa da Bahia. Para ela, a antecipação do início desta 2ª Etapa visa proporcionar ainda mais dinamismo ao processo de vacinação para abranger ainda mais os pequenos produtores, fazendo com que eles também participem, em massa, de todas as etapas de imunização do rebanho, incluindo a geolocalização. “Quero dizer aos pequenos produtores que eles podem confiar no trabalho da Adab porque a intenção deles é garantir que a gente possa produzir. Antes de fiscalizar, a Adab orienta, informa e ajuda nos melhores caminhos pra que gente como nós se desenvolva”, garantiu Valdão da Mantiqueira, pequeno produtor da região de Barreiras.

Anfitrião do lançamento, o proprietário da Fazenda Água Doce, Antônio Balbino, salientou que a agropecuária foi o setor que sustentou a economia durante a pandemia. “Somos importantes para a saúde pública, para a produção de alimentos e por tornar a economia brasileira mais forte. Por isso, não podemos abrir mão da defesa que é o baluarte da agropecuária”, afirmou Balbino, acompanhado pelo presidente da Associação de Criadores do Oeste (Acrioeste), Mário Mascarenhas. “A importância da Adab é fundamental para atestar a qualidade da nossa produção. Temos que atender ao chamamento da Agência neste momento diferenciado e entender sua verdadeira função de nos dar condições para nosso desenvolvimento”, finalizou o presidente da Acrioeste.

Foto ASCOM/ADAB

Participaram do evento representantes da Federação da Agricultura do Estado da Bahia (Faeb/Senar), Associação de Agricultores Irrigantes do Oeste da Bahia (Aiba), Sindicatos dos Produtores Rurais, CDL, Sicredi, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e outras associações do segmento, além do ex-prefeito de Catolândia, Pimentel Ataíde, ex-prefeito de Ibotirama, Roberval Alves e o ex-secretário da indústria e comércio de Barreiras, Carlos Costa.

Ascom Adab 26/10/2021

Tel. 99948-8385 / 3194-2044

Fonte: ASCOM / ADAB