Noticias

10/11/2021 20:16

A ciência e a defesa agropecuária vão unir esforços por meio da parceria estabelecida entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). As duas instituições realizaram na manhã desta quarta-feira (10) uma reunião para as primeiras tratativas que vão nortear a cooperação técnica, permitindo a realização de ações conjuntas para detecção de doenças nos animais, correlacionando a doenças humanas, incluindo ainda o uso da estrutura do Laboratório de Sanidade Animal (Ladesa) cuja acreditação foi revalidada este ano junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Por meio da cooperação técnica as instituições poderão estabelecer diálogo para ações de pesquisa científica e defesa contra zoonoses – doenças dos animais que afetam o ser humano – a exemplo da Hepatite E, pouco conhecida entre os homens, mas já detectada em suínos. “A união de expertises vai ampliar o escopo de trabalho, estimulando a atividade científica e embasando as ações em ambos os lados”, salientou Luciano Kalabrick, pesquisador da Fiocruz que participou da reunião, acompanhado pela Diretora da unidade na Bahia, Marilda Gonçalves. “Acredito muito nas parcerias sérias e profícuas como essa, nas manifestações de interesse de ações que estabelecem demandas, mantendo diálogos e tendo certeza de oferecer entregas à sociedade”, destacou a diretora.

Considerado o único laboratório público estadual do Norte/Nordeste em defesa agropecuária no país, o Ladesa manteve a certificação pela ISO 17.025/2.017, alcançada em 2016, assegurando sua credibilidade nacional e internacional nos resultados de exames laboratoriais dentro do segmento. Presente à reunião, o diretor geral da Adab, Oziel Oliveira comemorou a parceria, enfatizando que “o estreitamento das relações entre instituições de defesa e pesquisa conectam o segmento, tornando as duas atividades importantes vetores para a promoção da saúde única e desdobrando outros benefícios para a sociedade”, pontuou.

O Ladesa foi implantado em 2009, já que a base dos trabalhos de defesa agropecuária está no diagnóstico laboratorial. Em sua primeira gestão à frente da Adab, Oziel Oliveira, junto com os fiscais estaduais como Jorge Ribas e Maria Tereza Mascarenhas conseguiu colocar o laboratório da Agência como referência no segmento. Este ano, mais um reconhecimento ao trabalho com a manutenção da acreditação. O próximo passo entre a Fiocruz e a Adab será a elaboração dos termos da cooperação técnica para posterior assinatura do termo.

Foto ASCOM/ADAB

Ascom Adab 10/11/2021

Tel: 3091-2044 / 99948-8385

Fonte: ASCOM / ADAB