COTAÇÃO

O mercado físico do boi gordo teve boa fluidez negócios e preços firmes nesta quinta-feira; frigoríficos estão buscando animais padrão China

PUBLICADO EM 30/03/2023 ÀS 19H46 POR AGÊNCIA SAFRAS

boi gordo no pasto
Fazenda Igarapé – Foto internet Canal Rural

mercado físico do boi gordo teve boa fluidez negócios e preços firmes no dia.

Segundo o analista de Safras & Mercado, Allan Maia, os frigoríficos estão ativos na busca do boi padrão China, conseguindo avançar as escalas de abate, como acontece em São Paulo, ponto que merece atenção.

PUBLICIDADE

Na medida que as programações ficam mais confortáveis, a tendência é que os preços apresentem acomodação e os frigoríficos podem testar quedas.

Outro ponto que vale ser pontuado é que os preços no atacado não estão avançando, mas com expectativas positivas para a primeira quinzena de abril.

Em São Paulo, os negócios seguem girando entre R$ 300/305/@ para boi padrão China com prazo de pagamento curto.

Para animais destinados ao mercado doméstico os negócios acontecem entre R$ 285/290/@ a prazo no interior do estado.

Em Minas Gerais os preços continuam firmes. No triângulo mineiro a indicação está posicionada em R$ 300/@ a prazo.

Em Goiás os preços estão firmes. Na região de Mineiros a indicação as cotações giram entre R$ 270/275/@ a prazo, para animais padrão China.

Em Mato Grosso do Sul os preços ficaram acomodados no decorrer do dia.

Em Mato Grosso os preços seguiram estáveis. Na região de Cuiabá o boi gordo está posicionado entre R$ 265/270/@ a prazo.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão em queda de 0,74%, sendo negociado a R$ 5,0970 para venda e a R$ 5,0950 para compra.

Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,0750 e a máxima de R$ 5,1600.

COMPARTILHAR ESTA NOTÍCIA

LEIA MAIS SOBRE

Fonte: canalrural.com.br